Collab VoyaGi. Desafio Mala de Viagem para Destino com Neve para 10 dias. Inspirações de looks destino de frio com neve. By Bruna Trein, Personal Stylist.

Oi Gente, tudo bem? A Gi me desafiou para montar uma mala de viagem com destino de neve (já que estamos – ao menos em tese – no inverno), para 10 dias, com 3 blusas, 3 calças, 2 calçados e 2 casacos. Então, vim contar pra vocês como foi o processo de escolha dos looks, da montagem da mala e tudo mais.

Antes de sair colocando tudo quanto é coisa dentro da mala, precisamos saber para onde vamos, qual a temperatura nos dias da viagem, quais as atividades que vamos fazer e a duração da viagem. Pois bem, considerando ser um destino de neve, montei looks utilizando a técnica das 3 camadas. Antes de continuar, preciso esclarecer que as roupas térmicas não entram na contagem das peças de montagem de looks, porque elas não “aparecem”, já que têm apenas a função de isolamento térmico.

Se você não tem ideia de como começar a planejar sua viagem, clique aqui!

Meu critério para a escolha das peças foram os seguintes:

  • peças que sejam bem diferentes entre si; e
  • todas as blusas deveriam combinar com todas as calças.

Dito isto, iniciei pela escolha das peças inferiores.
Escolhi uma calça jeans, uma legging preta e uma calça jeans branca (no lugar da calça branca, poderia ser uma calça colorida, ou uma calça estampada e, no lugar da legging, poderia ser uma skinny de couro, ou uma skinny preta. Como eram essas que eu tenho no meu armário, essas que foram para a mala). Parti então, para a escolha das blusas mais grossinhas: como eu mencionei antes, elas teriam que ser bem diferentes uma das outras e combinarem com todas as calças. As eleitas foram: um moletom preto (que dá pra usar como vestido, por ser mais alongado) com bordado em lantejoula; uma blusa de lã amarela, com pelos na manga e uma blusa de tricô bege.

Para escolher os casacos, utilizei os seguintes critérios: tinham que ser quentinhos, práticos de limpar e combinar com todas as peças já escolhidas anteriormente. Então, elegi uma jaqueta de couro bordô com gola de pele, e um casaco do tipo nylon preto. Escolhi ainda uma bota de couro, cano curto, marrom com pelos, de salto mais grosso e não tão alto, e uma bota preta de couro, cano longo, salto fino e um pouco mais alto. Os critérios utilizados foram conforto (sim, a bota de salto fino é confortável pra mim!) e combinar com todos os looks. Também escolhi cachecóis e pashmininas – apesar da Gi não ter imposto limite para essas peças, escolhi apenas 3: um cachecol vermelho, uma pashmina preta e uma bege.

E os looks ficaram assim:
Dia 1 (viagem): calça branca + blusa amarela + jaqueta de couro + bota marrom + cachecol bege
Dia 2: Calça jeans + blusa bege + casaco preto + bota marrom + pashmina vermelha
Dia 3: Calça legging + moletom de tigre + casaco preto + bota preta + pashmina vermelha
Dia 4: Calça branca + blusa bege + jaqueta vermelha + bota marrom + pashmina vermelha
Dia 5: Calça legging + moletom de tigre + jaqueta de couro + bota marrom + pashmina preta
Dia 6: calça jeans + blusa amarela + bota marrom + casaco preto
Dia 7: Calça legging + blusa bege + bota preta + jaqueta vermelha + cachecol bege
Dia 8: Calça branca + moletom de tigre + casaco preto + bota preta + pashmina vermelha
Dia 9: Calça legging + blusa amarela + casaco preto + bota preta + pashmina preta
Dia 10 (viagem): Calça jeans + moletom de tigre + jaqueta de couro + bota marrom + pashmina vermelha

  • Kit miniatura de higiene: shampoo, condicionador, hidratante, sabonete facial, sabonete corporal, , escova de dente, pasta de dente, enxaguante bucal, fio dental.
    Necessaire: hidratante facial, filtro solar, BB Cream, 1 duo de contorno que será usado também como sombra, máscara de cílios, delineador, lápis de sobrancelha. 1 pincel de base, 1 pincel de sombra, 1 pincel de contorno.
  • 2 blusas térmicas, 1 calça térmica, 1 pijama e lingerie (calcinha, meias e soutien).

O que levar em consideração quando se vai para um destino de temperaturas baixas: Devemos usar a técnica das 3 camadas.
Primeira camada: calça e blusa térmica, do tipo segunda pele. Tem a função de isolamento térmico, de manter o calor do corpo. Via de regra, são de material sintético, que não absorve água e não faz a troca do calor, como os tecidos de algodão. Por serem sintéticas, não demoram muito pra secar. Assim, 2 blusas térmicas para 2 dias de viagem é a quantidade ideal. É possível revezar as duas peças e lavar todos os dias (embaixo do chuveiro ou na pia do banheiro mesmo).
Segunda camada: blusas de lã, fleece, malha peluciada ou moletom. Promovem o aquecimento do corpo. Como não vão ficar em contato direto com o corpo, não vão ficar expostas ao suor, facilitando repetir o uso – que deve ser alternado para que elas possam ficar arejando, pelo menos, por um dia.
Terceira camada: impermeabilização e corta vento: tem a função de não deixar passar vento nem umidade, mantendo o calor fornecido pelas duas camadas anteriores. Geralmente, os casacos corta vento são de nylon (ou material similar) ou couro – que quase não absorve sujeira.

Chegou a hora de colocar tudo na mala. Os peças mais volumosas ou difíceis de dobrar, vão no corpo, na ida e na volta. Assim, a jaqueta de couro e a bota de cano curto serão usadas na viagem, tanto na ida, quanto na volta. As peças mais grossas e que não amassam sempre devem ir embaixo. Assim, coloquei o casaco de nylon, o mais esticado possível, pra não fazer muito volume. Em seguida, coloquei a calça jeans e a legging e, por último as blusas. Organizadores com lingerie, pijama e roupas térmicas e necessaires com itens de higiene e maquiagem foram distribuídos nos espaços vagos. Na outra parte da mala, dispus as pashminas – também o mais esticadas possível – as botas com os canos dobrados, pois assim ocuparam pouco espaço.

Mesmo sendo uma mala para destino de neve, não me preocupei em colocar uma roupa específica para a prática de esportes na neve pois, nas estações sempre há roupas específicas para alugar. Se você não pratica essas atividades com frequência, não é viável adquirir. Tudo isso coube dentro de uma mala de bordo. Não precisa nem despachar e assim, não precisa ficar perdendo tempo esperando a mala chegar na esteira!

Bon VoyaGi! Bruna Trein, Personal Stylist

top spot

Os organizadores são ideais para viagens curtas que vocês pode levar os looks prontos. Levar uma toalha microfibra faz toda a diferença quando vocês está no aeroporto, sala vip ou mesmo dentro do avião. Ela quase não ocupa espaço. Para segunda pele eu elegi aquelas jaquetas compactas que veem dentro de um saquinho. São leves, com materiais próprios para baixas temperaturas, e que aqui no Brasil posso usar como casaco. Valeu a pena o investimento.

feelings

Eu propus a Bruna esse desafio pois tinha muita dificuldade de encontrar inspirações para look na neve. Somente encontrava textos e vídeos sobre como se vestir em camadas e roupas de esportes de inverno.

info

Toalha microfibra: Karsten

Jaqueta segunda camada: Uniqlo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s